domingo, 1 de junho de 2008

Que querem elas?

Estamos a comemorar este ano o centenário de uma das mais prestigiadas mulheres do "nosso" tempo. Ok, do tempo das nossas queridas avós. Digo do nosso tempo devido à actualidade do pensamento de Simone de Beauvoir. Na sua bíblia (também dividida em dois volumes tal como o velho e o novo testamento) "O segundo sexo" ela reflectiu, em forma de ensaio, sobre o papel da mulher na sociedade.
Disponibilizo dois links (um para cada volume) que dão acesso a este clássico, em formato PDF:
volume I e volume II.
Apesar de a obra ter mais de 50 anos, e apesar de podermos não concordar com tudo, convenhamos que ainda hoje Beauvoir é uma referência. Quem não se esqueceu disso foi o Intituto Franco-Português e a Associação Bacalhoeiro, que promovem durante este mês de Junho vários filmes de temática feminista.



Como às Terças é sempre dia de cinema, no Bacalhoeiro, 4 filmes de temática feminista serão exibidos, sempre, às 22:30 (se não chegarem atrasadas, claro) durante este mês. Se ainda não se fizeram sócias do espaço Bacalhoeiro, dar-vos-ão à entrada o cartão de sócia por €5 e durante todo o ano poderão lá entrar livremente. Por €4 poderão jantar lá, antes de cada filme.

Para entrar no Instituto Franco-Português não precisam de fazer cartão de sócio, pois a entrada é livre e, se quiserem alimentar-se no sentido mais restrito, eles lá também servem jantar por €7 ou €5 (menú de estudante).

Programação no Bacalhoeiro:

Carta à Minha Mãe
De Habiba Djahine
3ªf, 3 Jun, 22h30

De Fille à Mére
De Florence Jaugey
3ªf, 10 Jun, 22h30

Convicções
De Julie Frères
3ªf, 17 Jun, 22h30

Raimunda a Quebradeira
De Marcelo Silva
3ªf, 24 Jun, 22h30

Programação no Instituto Franco-Português:

Dossier Simone de Beauvoir + Simone de Beauvoir vue par Alice Schwarzer
De Max Cacopardo
2ªf, 16 Jun, 21:30

Christiane et Monique + Les prostituées de Lyon parlent + Y'a qu'a pas baiser
De Carole Roussopoulos
3ªf, 17 Jun, 19:00

Réponse de femmes + Sois belle et tais-toi
O 1º de Agnès Varda e o 2º de Delphine Seyrig
4ªf, 18 Jun, 21:30

Regarde, elle a les yeux grand ouverts + Jeanne Dielman, 23 quai du commerce 1080 Bruxelles
O 1º de Yann le Masson (que estará presente no evento) e o 2º de Chantal Akerman
5ªf, 19 Jun, respectivamente às 19:00 e às 21:30

Informação sobre as sinopses dos filmes e programação no Instituto Franco-Português e no Bacalhoeiro aqui.

Bons filmes!

Condessa X

2 comentários:

rosa que fuma disse...

devo acrescentar que a pergunta é frequentemente atribuida a freud. (nickname, O ROCHEDO, essa zona inexploravel). Seguem-se as lacanices que dizem: não querem nada porque não são inteiramente sujeitos, as irigayices, que não são sujeitos porque o sujeito é masculino e se funda na autogeração (e as butlerices e a performatividade de "ela".
mais as deleuze&guatarices pelo meio, enfim, muito divertido)

Há aí qualquer coisa de QUE fazem elas?

Condessa X disse...

seguem-se as condessices k dizem: elas querem tudo o que têm direito e nada mais. Já não me lembro quem é que dizia isto. ;-)