sexta-feira, 4 de julho de 2008

Encontros Imediatos de 3º grau

Um brinde às meninas que conseguiram chegar ao 3º grau sem passar pelo 2º. A banca dá-te dinheiro extra e tens direito a lançar os dados outra vez:

1. Ir para casa dela?
Nunca sugira você mesma ir para a casa de uma pessoa. Não vai querer tornar-se rude, pois não? Se o convite partir dela e lhe agradar a ideia de conhecer um espaço novo, aceite-o sem hesitações.

2. Ir para a minha?
Conheces os cantos à casa, por isso estás em vantagem. No entanto há duas regras principais (há bem mais porque fazer as coisas com ética dá trabalho) que a anfitriã não pode descurar:
a) Uma casa arrumada e limpa é meio caminho andado para ela se sentir bem no teu espaço;
b) É cordial ofereceres uma bebida, se preferirem conversar mais um pouco a sós (quem é que quer conversar numa altura destas?) mas se a excitação for muita esquece a garrafeira e vai directamente para o quarto.

3. Ir para um hotel?
É a hipótese para quem está longe da sua cidade, partilha a casa com pais conservadores ou tem a casa num caos. Prepare a bolsa!

4. Não vamos para lado nenhum. Ficamos já aqui!
Vocês já ganharam o jogo. Divirtam-se!

As raparigas, regra geral, têm extrema dificuldade em se envolver por prazer. Acham que o prazer deve vir sempre atrelado a um suposto sentimento amoroso, por isso projectam amor a torto e a direito e a coisa normalmente dá para o torto. Há uma explicação para isto: somos mulheres e historicamente nunca fomos autorizadas a ter prazer.
Chegada a este ponto, é esperado que tenha deixado o lado emocional do lado de fora da porta. Só se põe na boca de uma lobinha má quando se quer ser engolida. Autorize-se a divertir-se sem cobrar nada nem a deixar que lho cobrem. Não espere mais do que simples prazer. São livres e não têm qualquer vínculo, estão juntas por um desejo comum. Satisfaçam-no!
Como ainda estão a descobrir-se o objectivo é mesmo desfrutarem dessa descoberta. Para que isto resulte bem é bom que se dispa... de complexos, obviamente.
Nada de ser romântica se não busca romantismo. Não há nada pior do que induzir uma pessoa em erro porque há equívocos que custa muito a desfazer. Seja aquilo que pretende: sensual, se busca sensualidade, louca se busca loucura...
Palavras proibidíssimas: amor, relações, futuro.
Carpe diem (ou carpe noctem) é tudo o que se deseja. Seja uma verdadeira argonauta das sensações. Não pense. Sinta a sua própria natureza e o seu próprio corpo a comunicar com outro.


Condessa, acha que eu posso ser carinhosa com ela?
Pode. Não pode é dar a entender coisas que não sente.

Ai ai, ela está a fazer demasiadas perguntas às quais não sei como responder...
Eu não lhe disse para manterem as vossas bocas ocupadas? Allez!

Já amanheceu. devo convidá-la para tomar um duche ou servir-lhe o pequeno-almoço?
Seria muito cordial se o fizesse. É o mínimo que pode fazer com uma pessoa que a divertiu a noite toda. Não seja fria com uma pessoa que a tratou bem, mas atenção, ser cordial não implica ser romântica, ok?

Condessa X, e agora? Sinto-me responsável por ela. Se calhar ela é um bocado carente.
Livre-se de chantagens emocionais e veja se cresce. A única responsabilidade que tem é não enganar ninguém.

Acho que me arrependi. Sinto-me culpada. Parece que o meu corpo foi usado...
E você não usou o dela consentidamente? Se não tem maturidade suficiente para ser uma lésbica decente não seja lésbica e desapareça deste blog imediatamente que você dá mau nome à classe!

Foi muito divertido. Acho que vou querer repetir.
Vai querer repetir a experiência ou vai querer repetir a noite com ela específicamente? Se quer voltar a estar com ela específicamente, sugira isso sensualmente, mas esteja mentalizada que nem sempre as pessoas podem querer as mesmas coisas no mesmo momento. Se assim for, não dramatize nem se faça de vítima. Aprenda a respeitar a vontade e o timming dos outros.

Sinto-me vazia por dentro.
Isso é porque empregou muito bem as energias que tinha. Coma qualquer coisa entretanto.

Acho que a amo.
Não seja ridícula. Ninguém ama uma pessoa de um momento para o outro. O amor constrói-se no dia-dia não surge de imediato. Além disso, eu não lhe tinha dito já para abandonar este blog imediatamente?

A noite foi estonteante e você é uma mulher que sabe divertir-se de forma responsável e sabe o que quer. Não imagina como isso é sensual.
Espero que tenha trazido os óculos de sol. Está um dia lindo, não está?Bom fim-de-semana!

Condessa X

P.S. - Se andas à nora com os graus recua 17 casas (isso mesmo 17!) e ficas 2 vezes sem jogar porque vais parar na casa partida e depois ficar a descansar na casa do after flirt.

2 comentários:

Ana disse...

"Acho que me arrependi. Sinto-me culpada. Parece que o meu corpo foi usado...
E você não usou o dela consentidamente? Se não tem maturidade suficiente para ser uma lésbica decente não seja lésbica e desapareça deste blog imediatamente que você dá mau nome à classe!"


Oh meu deus, este blog é demais. Ainda não consegui parar de rir!


"Acho que a amo.
Não seja ridícula. Ninguém ama uma pessoa de um momento para o outro. O amor constrói-se no dia-dia não surge de imediato. Além disso, eu não lhe tinha dito já para abandonar este blog imediatamente?"

Condessa X disse...

Obrigada pelo simpático comentário. O cheque que lhe prometi já vai a caminho.
Fico contente por saber que não abandonou o post a meio. Mostra que é uma lésbica decente. ;-)